Extermínio tolerado

Muito importante ter jornalistas como Fabíola Perez que não recuam em repetir a óbvia e dura realidade: no Brasil, o estado – com a autorização tácita de uma parte importante da sociedade (em geral aquela q tem mais acesso à informação e ao poder) – não apenas vem abandonando nossas crianças, mas sendo parte ativa do extermínio que a cada dia mata 28 crianças e adolescentes no Brasil. Não deixem de ler o artigo,  Extermínio tolerado.

Anúncios

Autor: Atila Roque

Historiador e Cientista Político

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s